terça-feira, 29 de março de 2016

05 dicas simples para um Encontro Diário com Deus (Devocional)

Encontro Diário com Deus (Devocional)

Você já teve um amigo ou amiga que era um grude com você? Com quem andava sempre, mas que, por qualquer motivo, ficaram afastados durante anos e quando se encontraram de novo já não tinham mais o que conversar? Isso acontece não porque perdemos a amizade e sim por que perdemos a intimidade com aquela pessoa. O relacionamento esfriou.

Com Deus não é muito diferente. Se não mantemos a conexão com Ele, em pouco tempo não temos mais o que falar nessa conversa. Sinto que quanto mais busco me aproximar d’Ele, mais consigo me abrir para Ele e a Sua vontade.

No último post, falei sobre 05 práticas que melhoraram meu relacionamento com Deus, no entanto tem algo que é muito importante e faz toda diferença nessa relação: Encontro Diário com Deus, mais conhecido como Devocional. Conhece?

O período devocional é um tempo que investimos nos dedicando a Ele e a sua palavra, a Bíblia. É um tempo para conhecermos melhor nosso criador e fortalecer nossa amizade.

É durante o devocional que Deus se revela através de sua palavra e nos traz ensino, consolo ou correção. Somos alinhados para que, dia após dia, tenhamos o caráter mais parecido com o d’Ele.

Geralmente, o tempo devocional cobre:
Oração: bate-papo com Deus.
Leitura da Bíblia: acho que não preciso dizer o que é, certo?
Meditação Bíblica: aqui refletiremos sobre a palavra lida e a relação dela com a nossa vida.

Mas, como é um tempo de devoção, podemos fazer muitas outras coisas para ele nesse período. Vou falar disso em um dos tópicos.

Quero compartilhar com vocês algumas dicas e sugestões que aprendi “devocionando” por aí...

Algumas aprendi na caminhada diária, outras com pessoas que compartilharam suas experiências através livros, palestras ou ensino regular.

#1. Ficar Offline



Ficar Offline
Sei que é quase impossível ficar desconectado nos dias de hoje, mas as vezes é necessário.

Tenho evitado ligar a Internet, seja Wi-Fi ou 3G (Sim! É possível desativar o tráfego de dados móveis!), quando vou me dedicar a esse tempo, pois quando vejo eu estou fazendo qualquer outra coisa ou falando com qualquer outra pessoa menos com Deus.

Gosto da Internet e das Redes Sociais, mas confesso que, se não me policio nisso, perco a noção do tempo e quando vejo, já foi... Estou ultra conectada com a Web e desconectada com Deus. Como é com Deus que quero passar a eternidade, tenho preferido derrubar a conexão terrestre e optado pela Internet Celestial.


#2. Um minuto de Silêncio


Não, não é um tributo! Essa aprendi em livro do Pastor Rick Warren. Não sei você, mas a minha mente ferve as vezes. Por isso, gosto de “devocionar” de manhã, pois é o momento em que minha mente está despertando e ainda não está fritando com os afazeres diários.

Silêncio
Nesse tópico escrevi um minuto, no entanto pode ser mais. Apesar de Deus ser nosso amigo, não estamos nos encontrando com qualquer pessoa, mas sim aquela que precisa ser a mais importante de nossas vidas! Isso gera em nós uma postura de reverência ao Senhor. “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus” (Salmo 46:10).

Outro motivo para nos aquietarmos é também para manter o foco naquilo que estamos fazendo e não em outras coisas.

Procuro nesse momento ir aquietando os pensamentos, afastando as preocupações ou então refletindo sobre a grandeza de Deus. Leva um tempo para conseguirmos isso, mas com treino vamos melhorando.  Confesso que ainda preciso melhorar muito nisso, mas tenho obtido bons resultados ao exercer essa prática.

#3. Ore antes do devocional e evite orações longas



Oração
Sim! Ore antes de ler a Bíblia, mas evite fazer orações muito longas. “Agora não é o momento propriamente dito de entrar em oração, mas de fazer uma breve oração de abertura, pedindo a Deus que limpe seu coração e o guie nos minutos seguintes. ” (Pastor Rick Warren).

Gente, infelizmente temos uma tendência terrível de começar as nossas orações com aquilo que estamos necessitando ou por pessoas.

Não é errado que apresentemos as nossas necessidades diante de Deus, a Bíblia nos encoraja a fazermos isso: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. ” (Filipenses 4:6), mas esse é um período de dedicação a Ele, o que significa deixar os nossos problemas e situações um pouco de lado e nos focarmos n’Ele e nosso relacionamento com Ele.

Então, podemos deixar as orações mais longas, como orações por nossas necessidades ou outras pessoas, para depois da reflexão sobre a palavra de Deus, certo?

#4. Leitura Bíblica: Siga uma Sequência 




Sequência
Evitar ler a Bíblia de maneira aleatória (Hoje leio um capítulo do livro de Provérbios, amanhã leio um de Mateus, depois de amanhã, um de Gênesis, etc.) e ler numa sequência ordenada nos ajuda a compreendermos com mais facilidade o que nos está sendo transmitido pela Palavra de Deus.

Especialmente, se, por algum motivo, não temos tempo de dedicar um período exclusivo ao estudo da palavra de Deus (Tema para outro post). Mais uma dica do livro do Pastor Rick Warren.

Isso não significa começar em Gênesis e terminar em Apocalipse, mas começar um livro ou uma carta e terminar. Um livro legal para começar e terminar é o livro do Evangelho de João, que tem 21 capítulos. Outra sugestão interessante é o livro de Provérbios, que tem 31 capítulos, o que significa leitura para um mês.


#5. Faça algo legal para Deus



Faça algo legal para Deus como tocar um instrumento!
Eu sei que para alguns o tempo devocional é um pouco apertado, mas, talvez, nos dias em que existe mais folga de tempo, como nos finais de semana, é importante tentarmos fazer algo de legal e diferente para Ele, além do devocional básico.

Tocar, cantar, desenhar, pintar um quadro, dançar, criar uma coreografia, escrever um poema, uma canção ou um texto, entre outras coisas, como expressão de adoração a Ele.

A Bíblia nos encoraja a adorá-lo através dos instrumentos, por que não, também através das artes?

Louvem-no ao som de trombeta, louvem-no com a lira e a harpa, louvem-no com tamborins e danças, louvem-no com instrumentos de cordas e com flautas, louvem-no com címbalos sonoros, louvem-no com címbalos ressonantes. Tudo o que tem vida louve o Senhor! Aleluia! ” (Salmos 150:3-6)

Dica Bônus: 

Precisamos evitar cair no legalismo e achar que só desse ou daquele jeito vai dar certo! Não existe apenas um jeito de prestarmos devoção a Deus. Algumas coisas funcionarão mais para uns do que para outros.

A Bíblia apenas nos diz que, desde os tempos de Adão e Eva, Deus busca relacionar-se com a sua criação, que ainda temos o privilégio de encontrá-lo (Isaías 55:6) e que podemos fazer isso em qualquer momento, lugar e situação (I Tessalonicenses 5:17). “Ele [Deus] fala com você pela Palavra [Bíblia] e você fala com Ele pela oração. ” (Pastor Rick Warren).

E você? Como gosta de fazer o seu devocional a Deus? Deixe sua resposta nos comentários!