terça-feira, 5 de abril de 2016

Por que ter Jesus no WhatsApp?

Jesus no WhatsApp
Se você tem um celular e faz uso de aplicativos para redes sociais, provavelmente já deve ter utilizado o WhatsApp, estou certa?

O aplicativo que era apenas para ser um Messenger, como o antigo MSN (Momento nostalgia: Bons tempos!) só que móvel, se tornou uma alternativa a mensagem de texto e também o queridinho entre as pessoas para falar com os amigos, colegas de trabalho, familiares.... Algumas famílias tem até o seu próprio grupo!

Mas por que deveríamos ter Jesus na nossa lista de contatos do WhatsApp? Pensando sobre alguns fatos espirituais que nos levariam a fazer isso, vamos a alguns motivos bíblicos simples:

#1. Ele nos escolheu para sermos seus amigos

Além de nos chamar para fazer parte da Sua família, Ele compartilha conosco daquilo que ouviu do próprio Pai: “Eu não chamo mais vocês de empregados, pois o empregado não sabe o que o seu patrão faz; mas chamo vocês de amigos, pois tenho dito a vocês tudo o que ouvi do meu Pai. ” (João 15:15, NTLH).

#2. Ele não tem favoritos nos Seus contatos.

Qualquer um que queira e O aceite como seu Senhor e Salvador pode ser amigo de Deus. A nossa popularidade, ou a falta dela, pobreza, riqueza, raça ou cor, não faz diferença para Deus. Ele simplesmente nos ama.

Como li no livro “Por que você não quer mais ir à igreja? ”, escrito Wayne Jacobsen e Dave Coleman : "Nós não somos aprovados por aquilo que fazemos, mas pelo que Jesus fez por nós na cruz."

O que não significa fazer tudo de qualquer jeito, mas buscar uma vida por princípios bíblicos: “Agora eu sei que, de fato, Deus trata a todos de modo igual, pois ele aceita todos os que o temem e fazem o que é direito, seja qual for a sua raça. ” (Atos 10:34b, NTLH).

Eu sei que às vezes algumas pessoas parecem mais abençoadas do que outras, mas acredite: isso tem mais a ver mais com obediência do que com a preferência. Se você é pai ou mãe, provavelmente tem mais prazer em abençoar o filho que é mais obediente, do que aquele que não obedece. Se você é apenas filho, espero que entenda o que estou falando.

#3. Ele espera que O chamemos no particular

A oração é o meio de comunicação que utilizamos para falar com Deus. E ele espera que compartilhemos com Ele a nossa vida: “Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam e orem sempre com o coração agradecido. ” (Filipenses 4:6, NTLH).

Além disso, Ele nos protege de nós mesmos: “E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. ” (Filipenses 4:7, NTLH).

#4. Ele nunca fica off-line

Mesmo quando Ele resolve ficar em silêncio (O que não significa que Ele não esteja falando, já que o silêncio também pode ser uma resposta.), Ele sempre está disponível para aqueles que o temem e o buscam: “Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em tempos de aflição. ” (Salmo 46:1, NTLH).

#5. Ele não apenas visualiza as nossas mensagens, mas também as responde

Sim! Ele ouve as nossas orações, quando pedimos o que é da Sua vontade e nos responde: “Quando estamos na presença de Deus, temos coragem por causa do seguinte: se pedimos alguma coisa de acordo com a sua vontade, temos a certeza de que ele nos ouve. Assim sabemos que ele nos ouve quando lhe pedimos alguma coisa. E, como sabemos que isso é verdade, sabemos também que ele nos dá o que lhe pedimos. ” (I João 5:14-15).

Por isso é importante conhecermos o manual do usuário que o Espírito Santo inspirou os profetas a escreverem para nós: A Bíblia! É muito importante termos uma cópia dela, seja no celular, tablet, smartphones ou papel!

#6. Ele deu a sua própria vida por nós e nos ama

Se algum dia você já quis receber uma declaração e prova de amor, essa é a mais perfeita delas: “Em obediência à vontade do nosso Deus e Pai, Cristo se entregou para ser morto a fim de tirar os nossos pecados e assim nos livrar deste mundo mau. ” (Gálatas 1:4, NTLH) e “Por que Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna. ” (João 3:16, NTLH).

#7. Ele é Deus

Sim, o filho de Deus é Deus! É óbvio! Mas para se aproximar de nós, Ele se tornou um de nós: “Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus. Pelo contrário, ele abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano, ele foi humilde e obedeceu a Deus até a morte — morte de cruz. ” (Filipenses 2:6-8, NTLH).


#8. Ele é o único caminho que nos conduz a Deus

Somente através de Cristo podemos ter acesso ao Pai: “Jesus respondeu: — Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim. ” (João 14:6, NTLH).

Concluindo...

Talvez você ache que esse texto seja um tanto bobo, mas a realidade é que Deus deseja ser nosso melhor amigo. Sei que isso soa estranho, afinal de contas Deus é Deus e é soberano, Rei, dono de tudo, e etc...., Mas a realidade é que a Bíblia sempre mostra Deus tentando restabelecer a conexão com a sua criação. Cristo era o cabo que estava faltando para nos ligar ao Pai.

Se você ainda não O adicionou a sua lista de contatos, basta dizer a Ele que você quer que Ele seja seu Melhor Amigo para sempre. Entregue-se a Ele e chame-O para fazer parte de sua vida, em nome de Jesus!

Se você já O conhece, saiba que se não lemos, meditamos e oramos constantemente a Palavra de Deus, em pouco tempo tiraremos Deus da lista de contatos frequentes e o colocaremos na lista dos esporádicos, lugar esse que não é o Dele.