terça-feira, 23 de agosto de 2016

07 dicas que podem facilitar o entendimento da Bíblia

07 dicas que podem facilitar o entendimento da Bíblia

Olá, tudo bem? No post de hoje, como você viu no título, quero te dar 05 dicas que podem te ajudar entender melhor a Palavra de Deus, a Bíblia!

Assim como muitas pessoas, no começo da minha caminhada com Deus, eu reclamava muito sobre: “Eu não consigo entender o que está escrito! ” ou “Isso não faz sentido!” e blábláblá....

O problema é que para nossa triste realidade é que a aquisição de conhecimento leva tempo! E é aí que o bicho pega! Pois, às vezes, já é difícil de entender, imagina sem conhecimento prévio...

Mas, porém, contudo, entretanto, todavia.... Existem algumas coisas que podemos fazer para otimizarmos o entendimento das Escrituras! Aí vai:

#1. Busque orientação na Igreja local


Busque orientação na Igreja Local

Procure participar daquilo que a sua Igreja local oferece. Se sua Igreja oferece algum meio para adquirir conhecimento com relação a Bíblia, sugiro que busque se inscrever!

Na minha Igreja, por exemplo, temos o que chamamos de “Escola de Líderes”. O objetivo não é formar apenas líderes eclesiásticos, mas capacitá-los para liderem, primeira e principalmente, as suas próprias vidas e, quem sabe, futuramente liderem suas próprias células ou Igrejas.

Busque auxilio, também, daqueles que Deus colocou no seu caminho para te ajudar: Discipuladores, Líderes e Pastores. Eles poderão te dar alguma orientação sobre programas de ensino ou até mesmo, quem sabe, tirar algumas de suas dúvidas.

#2. Procure uma tradução recente da Bíblia 


Procure uma tradução recente da Bíblia

Sou grata a Deus pela vida de João Ferreira de Almeida. Segundo a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), ele dedicou a sua vida a traduzir a Bíblia para língua portuguesa, sendo sua tradução a preferida de 60% dos evangélicos do Brasil. Infelizmente, ele não conseguiu traduzi-la totalmente.


Pausa para curiosidades


Após ter traduzido o Novo Testamento por completo, iniciou a tradução do Antigo, no entanto, faleceu antes que pudesse concluí-lo, tendo chegado quase a terminar o livro de Ezequiel. Seu trabalho foi concluído por um colega seu, o holandês Jacobus op den Akker.

Segundo, ainda, a SBB, a primeira impressão do Novo Testamento em português foi feita em 1681 e a primeira impressão completa da Bíblia só veio a ser impressa em 1751. É claro que correções foram e são feitas até hoje.

Em 1819, uma nova edição foi feita e ficou conhecida como “Revista e Corrigida” e, em meados do século XX, uma nova atualização foi feita e essa ficou conhecida como “Revista e Atualizada”.

Gente, só que histórias importantes a parte, isso tem muito tempo! De lá para cá, o nosso Português Brasileiro mudou, e muito! Depois disso, novas traduções já foram feitas. E existem excelentes opções atualmente!

Minhas sugestões


Recomendo duas, que são as que mais utilizo:

Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH), minha tradução favorita, que busca ser uma tradução de “língua comum”, ou seja, se aproximar ao máximo daqueles que falam português; e a

Nova Versão Internacional (NVI), que pode ser encontrada em diversos idiomas.

Para mim, ter mudado a tradução clareou muita coisa. Pude compreender melhor o texto e até me deu vontade de ler mais! #FicaAdica

#3. Consulte dicionários, chaves bíblicas ou manuais 


Consulte dicionários, chaves bíblicas ou manuais


E uma ótima forma de adquirir conhecimento, quando vamos ler ou estudar a Bíblia, é ter sempre a mão essas ferramentas:

Dicionários apresentam o significado de uma palavra ou termo encontrado na Bíblia. Alguns dicionários falam, inclusive, sobre o contexto histórico da época em que o texto foi inscrito. Vale muito a pena!

Chave bíblica é um livro ordenado alfabeticamente, assim como o dicionário, e permite que encontrar textos bíblicos relacionados a determinados termos ou palavras. Por exemplo, você quer saber o que a Bíblia diz sobre o Amor, então você encontrará quais versículos bíblicos possuem aquela palavra.

Diferente do dicionário, não apresenta significado das palavras, apenas mostra quais versículos e textos estão associados a determinado assunto.

Manuais são ótimos por explicarem, de maneira resumida, sobre o que fala aquele livro especificamente. Além disse, contém fotos, fatos arqueológicos e curiosidades. Muito legal! Recomendo o Manual de Halley. Você pode encontrar mais sobre ele aqui.

Busco recomendar livros, pois costumam ser uma fonte confiável de informações, entretanto, se isso não resolver, tem o Google também, que despensa apresentações.

#4. Leia livros 


Leia livros

Sempre falo de livros! Livros além de trazerem entretenimento, também trazem conhecimento. Existem vários livros legais que falam sobre a Bíblia, como eu citei no tópico anterior.

Se você tem interesse em saber mais sobre Jesus, tem muitos livros que falam sobre isso. Quer saber sobre oração, tem muitos livros sobre isso, enfim.... A lista cresce sempre!

Leia resenhas, consulte a sua Igreja local sobre isso, sempre tem alguém para indicar.  Quero remendar nesse post o livro “Celebração da Disciplina” do Richard J. Foster. Tem resenha aqui no Blog.

#5. Frequente congressos e seminários


Frequente congressos e seminários


Existem ótimos congressos e seminários espalhados por aí. Considero importante, como disse no tópico 1, consultar sua Igreja local para saber o que te oferecem e saber quais congressos e seminários ela apoia e que são realizados por outras Igrejas e organizações para os membros de sua Igreja.

#6. Tenha “santa” paciência!


Tenha “santa” paciência!
Sim! Tenha “santa” paciência! Adquirir conhecimento leva tempo e depende de diversos fatores como, por exemplo, conhecimento do nosso idioma, maturidade, educação, entre outros.

Além disso, a nossa mente leva algum tempo para compreender e assimilar aquilo que estamos aprendendo. Por isso, o melhor é ter um pouco de paciência e não parar de buscar conhecimento.

#7. Altamente importante: Escolha o Espírito Santo como seu professor!


Altamente importante: Escolha o Espírito Santo como seu professor!

E, por último, e acredito ser a dica mais importante: peça ajuda do Espírito Santo! Todas essas dicas que dei podem ser invalidadas se não buscarmos a ajuda dessa pessoa tão especial. Afinal de conta, Ele inspirou os profetas a escreverem a Bíblia (2 Pedro 1:20-21, 2 Timóteo 3:16).

A Bíblia diz que Ele é Aquele que nos ensina todas as coisas: “Mas o Auxiliador, o Espírito Santo, que o Pai vai enviar em meu nome, ensinará a vocês todas as coisas e fará com que lembrem de tudo o que eu disse a vocês. ” (João 14:26, NTLH).

Acredite, Ele é melhor professor que podemos ter na vida! Está difícil de entender? Então, peça ajuda a Ele. Ele ficará feliz em te ajudar!


Conclusão


Deus deseja falar conosco e tudo que Ele diz se sujeita a sua própria Palavra, a Bíblia. É imprescindível para nós, como cristãos conhecê-la. Quanto mais conhecermos e praticarmos a Bíblia, mais poderemos conhecer Deus. Por isso, precisamos buscar formas de compreendê-la melhor.

E você? O que faz quando está com dificuldade de entender a Palavra do Senhor? Deixe sua resposta e opinião nos comentários.

Que Deus te abençoe!
Até mais!

Postagens Populares