terça-feira, 2 de agosto de 2016

Como lidar com as decepções? Decepcionei alguém! Parte 2


No último post, “Como lidar com as decepções? Estou decepcionado! Parte 1”, falei sobre algumas medidas a tomarmos quando nós fomos decepcionados por alguém. Nesse post, vou falar sobre o que podemos fazer quando somos nós que decepcionamos.

Se já terrível a sensação de quando fomos decepcionados por alguém, imagina quando descobrimos que somos nós que causamos isso em alguém. Isso pode ser tão decepcionante quanto se decepcionar.

#1. Reconhecendo o erro


Podemos descobrir que ferimos alguém de duas maneiras:

1. Quando a pessoa nos diz que fizemos isso.

2. Quando somos constrangidos pelo Espírito Santo e Ele nos mostra o que fizemos de errado.

Aqui precisamos fazer algo muito importante, que não tem segredo: reconhecer que erramos. Somos falhos e agora precisamos tomar uma postura de reconhecimento de falhas.

#2. Arrependimento


Já reconhecemos o nosso erro, agora precisamos nos arrepender. Arrependimento pode ser entendido como uma dor profunda pelo pecado ou erro cometido.

Precisamos nos arrepender em todo tempo, pois, mesmo após termos aceitado a Jesus, ainda pecamos, seja por pensamentos ou atitudes.

Não consigo me arrepender: O que eu faço? Nesse caso, é preciso orar, pois Deus precisa gerar isso em nós, para alcançarmos, também, Sua graça e Misericórdia.

#3. Pedir perdão


Para duas pessoas:

Deus

Uma vez o Pr. Leandro Barreto disse numa pregação: “Antes de ferir o meu irmão na horizontal, eu já feri Deus na vertical. ”, ou seja, Deus conhece as nossas intenções mais intimas, portanto, antes de ferirmos alguém, O ferimos primeiro.

A pessoa ofendida

Precisamos chegar diante da pessoa ofendida e dizer que reconhecemos que erramos, nos arrependemos e estamos pedindo perdão a ela. Isso é o que chamamos de conserto.

#4. Perdoe-se


Sim, é preciso perdoar-se! Talvez seja uma das tarefas mais difíceis para alguns. Especialmente para aqueles com mania de perfeccionismo.

Às vezes, pode ser simples admitir o nosso erro para os outros, mas aceitar que erramos, especialmente quando é algo que estamos acostumados a fazer, porém, quando cometemos aquele erro que jamais imaginaríamos cometer, pode ser muito difícil.

Por isso, precisamos aceitar que somos humanamente falhos, erramos e precisamos, além do perdão da pessoa ofendida, do nosso próprio perdão.

Li uma vez no livro da Dra. Neusa Otioka a seguinte frase: “Se Deus já me perdoou, quem sou eu para não me perdoar? ”. Pense nisso!

#5. Respeite o tempo e a individualidade de cada um


Assim como alguns machucados podem ser curados mais devagar do que outros, algumas ofensas e traumas podem ser superadas mais devagar do que outras. O contrário também pode acontecer.

Isso também dependerá de vários fatores como, por exemplo, quem foi a pessoa que foi ofendida, se ela estava num bom dia ou não, às vezes ela pode ter maturidade para lidar com aquilo ou não.

Por isso, precisamos respeitar a individualidade daquela pessoa e dar a ela o tempo necessário para digerir aquilo tudo.

#6. Assumindo a responsabilidade e entendo a consequência


É necessário assumir a responsabilidade dos nossos atos e entender que tudo nessa vida tem consequências, sejam elas positivas ou negativas.

Muitas coisas podem acontecer quando decepcionamos alguém. Perda de confiança nos relacionamentos é uma delas e precisamos estar prontos para compreender isso, respeitando o “time” daquela pessoa.

#7. Precisamos de prudência e sabedoria nessas horas


É preciso ter prudência até para pedir perdão aos outros. No tópico 5, falei sobre a questão da individualidade. Às vezes a pessoa pode não estar preparada para receber aquilo.

Nesse caso, talvez seja preciso adiar por um tempo esse conserto para que não cause mais estragos do que a causa da ofensa em si.

Por isso, sugiro falar com Deus sobre isso e pedir orientação sobre o que fazer. Se preciso for, busque conselho com os seus discipuladores, Pastores ou alguém de muita confiança. A palavra de Deus diz que existe sabedoria na multidão de conselheiros.

#8. Ore e deixe Deus agir


Gente, só Deus pode restaurar relacionamento feridos. Ele é grande cirurgião da nossa alma. Por isso precisamos confiar essa situação a ele para que nos sare, seja na posição de ofendidos, seja na posição de ofensores.


Conclusão


Infelizmente, todos nós passamos por decepções na vida. Seja na posição de alguém que foi decepcionado por alguém ou na posição de alguém que decepcionou alguém, existe apenas um que pode nos restaurar de maneira completa: Jesus!

Eu não sei com quem você se decepcionou ou quem você decepcionou, mas saiba que n’Ele nós podemos encontrar cura, restauração e solução para todas as situações da nossa vida.

E que possamos colocar a nossa confiança naquele que não pode ser abalado: “Por isso sejamos agradecidos, pois já recebemos um Reino que não pode ser abalado. ” (Hebreus 12:28ª, NTLH).

Espero que esse post tenha sido útil para você, de alguma forma.

O que mais que acredita que pode ser feito quando decepcionamos alguém? Deixe sua resposta e opinião sobre esse texto nos comentários.

Se você gostou desse post, compartilhe com seus amigos, colegas e familiares.
Que Deus te abençoe!

Até mais, abraço!

Ah! Você sabia que o Blog Enchendo a Caixa agora tem um canal no YouTube? Não? Dá uma passada por lá para conhecer e se inscreve para saber das novidades!