quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Por que não trocar minha bênção por um miojo?

Por que não trocar minha bênção por um miojo?

O miojo é muito conhecido pela nossa geração. Comida preferida daqueles que estão com muita pressa ou moram sozinhos, possui sabores para todos os paladares. Seja no fogão ou no micro-ondas, é rápido e fácil de cozinhar e de comer. Solução “mata a fome” para os desesperados.

O problema, pelo menos para mim, é que, depois de algum tempo, a fome volta de forma avassaladora! E, infelizmente, não demora muito para isso acontecer.... Nem parece que eu comi!

Mas o que isso tem a ver com bênção? Eu sei que esse título é meio estranho, mas às vezes fazemos isso. Trocamos aquilo que Deus nos deu por uma solução rápida e barata....

Esaú e o miojo de tomate – Gênesis 25:27-34


Esaú e Jacó eram irmãos gêmeos, mas Esaú nasceu primeiro, por isso recebeu o direto a benção do primogênito (primeiro filho homem). Geralmente, envolvia, além da herança, em porção dobrada, deixada pelo pai, algo especial da parte de Deus.

Um dia, Esaú voltou com muita fome do campo e viu que Jacó estava cozinhando. E disse a Jacó para lhe dar um pouco da comida que estava preparando. Mas Jacó só disse que daria se Esaú lhe desse o direito de filho mais velho.

Esaú, sem pensar, deu a Jacó o que ele estava pedindo. A Bíblia diz o seguinte: “Foi assim que ele desprezou os seus direitos de filho mais velho. ” (Gênesis 25:34b, NTLH).

Esaú perdeu a bênção e Jacó ganhou. E a que preço foi vendida a bênção especial? Um prato de miojo de tomate (“coisa vermelha”, como está escrito em Gênesis 25:30)!

Algo muito valioso, a bênção de filho mais velho, foi vendido por algo de pouquíssimo valor. Esaú não valorizou algo tão importante, como o que tinha recebido, por algo momentâneo e passageiro.

Por isso, vamos a alguns motivos para não darmos a nossa bênção em troca de um prato de miojo:


#1. Nossa carne é insaciável!


Se eu e você comermos ao meio dia, provavelmente, às 16h00 teremos fome de novo. Certo? Então, Esaú, quis satisfazer um prazer momentâneo. Com isso, perdeu algo que duraria sua vida toda.

Nossa carne sempre estará com fome, cansada, com desejos carnais.... E, algumas chances e oportunidades, que teremos na vida, só teremos uma única vez!

Por isso, precisamos vigiar muito e buscar ajuda do Espírito Santo para termos autogoverno e vencermos a nossa carne.

#2. Cuidado! A mesa do inimigo sempre terá pratos apetitosos!


Gente, infelizmente o inimigo cozinha bem. O pecado não é algo ruim, pelo contrário, é muito apetitoso. O problema é que a consequência também vem e não é gostosa. Um dia a azia e a queimação batem na porta....

#3. Às consequências aparecerão...


Tudo nessa vida tem consequência. Muitos de nós fazemos as coisas sem se importar com o amanhã ou pensamos que as coisas que fazemos hoje não terão as suas consequências.

Foi o que aconteceu com Esaú. A fome dele fez com que perdesse algo importante e, mais tarde ainda, recebesse a profecia de que seria escravo de seu irmão Jacó. Tenso, não?

#4. Entender que o Deus nos dá precioso


Como humanos, infelizmente, sempre valorizamos algumas coisas em detrimento de outras.

Valorizamos fazer sexo antes do casamente, antes de buscarmos santidade. Valorizamos mais termos estabilidade financeira do que emocional. Valorizamos mais a busca de outras coisas do que a Presença de Deus...

Tudo que recebemos de Deus é importante e precioso, por isso precisamos cuidar do que recebemos.


#5. Entender que Deus é fiel


Deus sempre se mantém fiel a sua aliança e promessa. Ele não falha! Se Ele disse que vai fazer algo, Ele fará porque Ele não mente! Precisamos aprender a esperar e a descansar no Senhor!

Ele não se move pela nossa necessidade ou desejo, mas por aquilo que está escrito em Sua Palavra, por isso precisamos buscar esperança e orientação na Bíblia!

Conclusão


Espero que esse texto tenha te ajudado a refletir sobre esperar e valorizarmos o que recebemos da parte do Senhor. Barganharmos o que recebemos de Deus por prazeres momentâneos não vale a pena, mas esperar em Deus vale muito a pena.

Se esse texto foi útil para você, deixe sua opinião ou experiência aí nos comentários e compartilhe com alguém que precisa.

Que Deus te abençoe!
Até mais, abraço!