terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Você deixa a Bíblia te ler?

Você deixa a Bíblia te ler?

Oi, gente! Tudo bem com vocês? Tenho mais uma pergunta para você! Você deixa a Bíblia te ler?

Como eu disse há alguns posts atrás, a Bíblia não é um livro qualquer e não deve, ou pelo menos não deveria, ser lida de qualquer jeito. Ela é a Voz de Deus.

Sendo assim, é preciso permitir que Deus transmita a mim e a você a mensagem d'Ele e, por isso, precisamos passar pelo processo de meditação bíblica.

Mas o que é Meditação Bíblica?


O que é meditação bíblica?


Segundo Renê Terra Nova (2005), "Meditação Bíblica [...] é uma atividade que envolve leitura e repetição da Palavra, refletindo-se sobre os caminhos de Deus para aplicá-los em cada aspecto de nossas vidas.".

Não é algo que fazemos voluntariamente, mas como forma de obediência. Recebemos do Senhor uma ordem para fazê-la.

Olha o que diz Josué 1:8a (NVI): "Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito.".

Algumas traduções, como é o caso da NTLH, substitui a palavra meditar por estudar. Porém, quero ressaltar que estudar e meditar são coisas diferentes.

Enquanto estudamos, nós o fazemos para adquirir conhecimento. Já a meditação faz com que olhemos para dentro de nós. E, no caso da Meditação Bíblica, buscamos olhar para o nosso interior com aquilo que a Palavra de Deus tem a dizer sobre nós.

Sendo assim, ao meditarmos biblicamente permitimos que a Bíblia nos leia.

E por que devemos permitir essa leitura?


Dentre muitos motivos para isso, esses são alguns:

Para termos a nossa mente transformada e experimentarmos a vontade de Deus: "Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:2, NTLH)

Para que possamos aplicar a Palavra de Deus: Você já ouviu alguém dizer "Fulano não vive o que prega!". Existe um nome para isso e é hipocrisia.

Só que pior do que dizer aos outros que fazemos algo que não fazemos é nos enganarmos a nós mesmos: "Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática." (Tiago 1:22, NTLH).

Precisamos aplicar, praticar a Palavra de Deus. Só assim experimentaremos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Romanos 12:2).

Para sermos corrigidos, ensinados e consolados: Todos temos algo em que precisamos nos arrepender e melhorar. Todos precisamos ser ensinados a respeito de Deus e do que Ele disse a cerca de si e de nós. Todos precisamos receber consolo em algum momento da vida.

"Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver." (I Timóteo 3:16, NTLH).

"Porém quem anuncia a mensagem de Deus fala para as pessoas, ajudando-as e dando-lhes coragem e consolo." (I Coríntios 14:3, NTLH).

Para que sejamos prósperos: Como eu já disse em outro post, a prosperidade não está ligada apenas a vida financeira, mas também a prosperidade de alma.

Deus prometeu prosperidade a Josué se meditasse e não separasse do livro da lei. É claro que esse texto não se trata apenas da meditação em si, mas de colocar em prática o que foi meditado:

"Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido." (Josué 1:8, grifo nosso, NTLH).



Enfim, são muitos os motivos pelos quais precisamos praticar a meditação bíblica. O fato é que é preciso fazer da leitura e meditação bíblica um hábito tão necessário como comer.

Então, repito a pergunta do começo desse post: Você deixa a Bíblia te ler?

E você? Por que acredita acha importante ler, meditar e estudar a Bíblia? Tem algo a dizer sobre esse post? Coloque sua opinião nos comentários.

Se você gostou desse post compartilhe com seus amigos e nas redes sociais.

Que Deus te abençoe! Até mais! Tchau!

Referência Bibliográfica


NOVA, Renê Terra. Formando Líderes de Êxito: A vida cristã genuína. São Paulo: Semente de Vida, 2005. 145 p. (Módulo I).

Postagens Populares